Rede Missionária Cristã.: Jovens
♥ ATENÇÃO! ♥Participe do projeto 📖 leitura da bíblia em 4 meses 👉Clique Aqui!

God's News

Ad Topo das postagens

Curso de Teologia
Mostrando postagens com marcador Jovens. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Jovens. Mostrar todas as postagens

sábado

Os cristãos devem corrigir seus filhos com a vara?

17:37:00
Os cristãos devem corrigir seus filhos com a vara? | Rede Missionária Cristã

Como os cristãos devem disciplina seus filhos

Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele … A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe… (Provérbios 22:6; 29:15).

Como educar filhos rebeldes? O que diz a Bíblia?

Se uma criança esta entregue a si mesmo obviamente não está sendo educada no caminho em que se deve andar. E neste caso, os pais não estão tendo impacto nenhum sobre a vida de seu filho, sua formação, seus valores; mas sua educação está sendo influenciada e construída pela sociedade, colegas, falsas amizades, TV, etc. A palavra de Deus diz que: "…a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice … A estultícia está ligada ao coração da criança…" (Gênesis 8:21; cp. Eclesiastes 8:11; Provérbios 22:15a).
Uma criança entregue a si mesma envergonha seus pais, porque ela, com certeza, lhe causara problemas no presente, que lhe trarão consequências a sua vida no futuro, simplesmente porque pela omissão de seus pais ela não está sendo disciplinada.
No entanto, a outra parte de (Provérbios 22:15b) diz: "…Mas a vara da correção a afugentará dele…" A vara da correção aqui não simboliza espancamento ou surras carregadas de ódio, mas sim uma correção amorosa, com alguém que tem um interesse especial no resultado da vida desta criança, dando direção, discernimento e instrução, orientando essa criança onde ele deve ir e como deve agir. A formação, instrução e o ensino, fará toda a diferença no futuro de uma pessoa e a Bíblia nos ensina como educar os filhos rebeldes.
Corrigir o filho com a vara

Não seja omisso na educação de seus filhos

Um exemplo negativo na vida do rei Davi em relação a correção de seu filho Adonias, ilustra bem este assunto. "…Ora, nunca [Davi] seu pai o tinha contrariado, dizendo: Por que fizeste assim?…" (I Reis 1:06). A narrativa deste fato se passa quando Davi já está muito velho e perto de morrer. Sua família e seus conselheiros mais próximos, provavelmente, sabia que o seu desejo era passar sua coroa a Salomão. Mas Adonias acostumado com a falta da vara de correção, e em sempre ter tudo que desejou, nunca sendo contrariado por seu pai tentou impedir isso.

Ele fez um movimento político para usurpar o trono de Salomão seu irmão. Sua manobra só não foi bem-sucedida porque Bate Seba, mãe de Salomão, e os assessores fiéis de Davi apelou para o rei, e ele rapidamente deixou bem claro que Salomão devia sucedê-lo. Neste episódio vemos claramente que a falta de correção e disciplina a um filho pode ocasionar consequências desastrosas tanto dentro do ambiente familiar com na convivência em sociedade.

Davi, embora um homem segundo o coração de Deus, não teve uma participação ativa no ensino e correção de seu filho com o uso da vara, diferente de como foi com seu outro filho Salomão. Este versículo nos diz indiretamente por que Adonias se rebelou; ou seja, o próprio rei Davi incentivou seu filho a se rebelar quando não demonstrou ter interesse na criação dele. Davi deixou de treiná-lo e educá-lo no caminho em que se deve andar.

Esta passagem bíblica nos ensina que independentemente da pessoa sendo ou não um cristão ou mesmo como Davi que foi considerado um homem segundo o coração de Deus, se eles forem pais omissos na educação e correção de seus filhos não usando corretamente a vara da disciplina em seus filhos, com toda certeza mais cedo ou mais tarde os resultados desta omissão surgirão.

Podemos usar a vara de correção?

A bíblia nos diz claramente: O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o corrige – Provérbios 13:24. Não entenda mal, ou queira desmerecer as escrituras, pois de modo algum a bíblia aqui está defendendo o abuso infantil. Obviamente que nenhum pai educa seus filhos perfeitamente, afinal de conta somos falhos e vivemos em mundo caótico. "…Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno…" (1 João 5:19).

Um outro fator importante a ser levado em conta é que as pessoas que foram abusadas ou sofreram violência quando crianças, são seis vezes mais propensos a repetir o mesmo comportamento de seus pais quando se tornam adultas. Por este motivo a Bíblia como palavra de Deus adverte: "…E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos, mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor…" (Efésios 6:4).

Os pais não devem provocar ou abusar da autoridade para com seus filhos, corrigir o filho com a vara, não é espancá-lo ou maltratá-lo como já foi dito no início deste artigo. Devemos tratar nossos filhos com dignidade e respeito, encorajando-os e corrigindo e se for necessário fazer uso da vara, de forma equilibrada, nunca na medida em que cause danos físicos e psicológicos, porém, a disciplina é uma coisa boa e contribui para o bem-estar e a educação correta da criança.


Em Efésios 6:4, Paulo se dirige diretamente aos pais, mas em Colossenses 3:21 ele nos dá uma visão mais ampla do que ele está propondo com as seguintes palavras: "…Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que eles não percam o ânimo…" Este versículo deve ser meditado e analisado em toda sua amplitude, ou seja: Podemos deduzir que Paulo está dizendo, mais ou menos isto: Eduque seus filhos, mas tenha cuidado com os exageros, com a raiva, com a fúria o ódio, etc. Para que eles não fiquem desanimados, despontados, desmotivados, e sem amor.

O apóstolo está incentivando os pais a corrigir os seus filhos, mas não como um pai arrogante, constantemente censurando-os, tornando-se irritante, e por conta disto a criança venha a tornar-se apática, mal-humorada, etc. Ele, assim como a bíblia incentiva a correção, mas ao mesmo tempo pede paciência e compreensão com a inexperiência das crianças. A correção nunca deve ser uma vingança.

A correção do filho deve ser dada para o bem, mas sempre no âmbito da medida da criança e da infração cometida. Firmeza na correção é bom, mas os pais devem ter cuidado com o seu temperamento quando dão a correção ou fustiga o seu filho com a vara. Paulo está alertando-nos sobre a injustiça, favoritismo, o excesso de correção, negligência e crueldade física na correção.

A correção dos filhos e seus resultados futuros
"…Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele…" (Provérbios 22:6).

É extremamente difícil para uma pessoa adulta mudar um habito que está arraigado em sua vida desde de sua infância ou juventude. Indiscutivelmente, o princípio da formação e treinamento produz resultados. É assim que funciona, equipes esportivas, produções de balé, etc; os exercícios e treinamentos são tão constantes e metodicamente aplicados, que chega a um ponto que todos os participantes, mesmo sem nem se dar conta estão executando suas ações automaticamente, suas habilidades tornar-se uma parte integral e rotineira.

Ou seja, a formação adequada de um a criança perdurará por toda a vida. Este princípio também é aplicado ao que Deus está fazendo na nossa vida como seus filhos através de Jesus Cristo. Deus nos coloca em um programa de treinamento para preparar-nos para a vida eterna. Ele nos treina e educa de uma maneira que perdurará por toda a eternidade. É por este motivo que Deus considera o ensino e a instrução fundamentalmente importante.

…Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar…Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno…O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga… (Provérbios 13:24; 19:18; 23:13-14).
 

Continuar Lendo...

A prosperidade do impio e a breve decepção do justo!

15:21:00
╚══❘► Pedidos de Oração e Palavras de conforto <Clique Oração>

biblia sagrada apocalipse,dizimo,prosperidade,


"...Quanto a mim, os meus pés quase resvalaram; pouco faltou para que os meus passos escorregassem. Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios (…) Quando me esforçava para compreender isto, achei que era tarefa difícil para mim, até que entrei no santuário de Deus; então percebi o fim deles..." (Salmo 73:2-3; 16-17).

Olhando para a Eternidade

Por que Deus permite que aconteça mal e sofrimento no mundo? Esta é uma questão antiga e estamos sendo confrontados por ela todos os dias. Ao ligarmos a TV no noticiário vemos imagens de tragedias, guerras e violência. Se fugimos para o rádio ouvimos, as mesmas noticias de morte, assalto, aumento do crime, corrupção, etc. Ou seja qualquer meio de comunicação fala sobre o fato de que em muitas partes do mundo há guerras, fome, catástrofes naturais e doenças epidêmicas, etc. Parece que todo lugar que olhamos, as pessoas estão sofrendo. Além disso, o mal se multiplica e os malfeitores parecem estar, tranquilos, impunes e muito deles prosperando com o mal que cometem.

Quantas pessoas são defraudadas pela corrupção politica, por empresários inescrupulosos, golpistas da internet, vigaristas de todo o tipo, que estão se deleitando em seus crimes, vivendo em mansões, em carros de luxo, roupas caríssimas, e muito mais? Até mesmo dentro das igrejas e religiões a desvios de dízimos, ofertas, manipulação do povo, enriquecimento não licito, pedofilia, politica suja, invejas e competições. Com isto não é nenhuma surpresa que ao verem tais males e sofrimentos e ao mesmo tempo a suposta prosperidade do malfeitor, muitos venham a questionar como um Deus bom pode permitir tais acontecimentos.

O salmista e a prosperidade do impio

Tal foi o caso de Asafe, o autor do Salmo 73. Onde ele começa dizendo: "...Quanto a mim, os meus pés quase resvalaram; pouco faltou para que os meus passos escorregassem..." E por quê isto aconteceu? Ele mesmo responde dizendo: "...eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios..." Como muitos crentes hoje, Asafe quase perdeu a confiança no Senhor, porque ele tinha inveja da prosperidade dos ímpios. Como a maioria dos crentes, Asafe também lutou com os porquê? desta vida. Mas a pergunta permanece até nossos dias, e agora com o advento capitalista, a multiplicação da tecnologia, a chamada globalização, estes porquês? Chegam com maior intensidade. Por que Deus? Por que Deus? Porque permites o malfeitor prosperar, enquanto o cristão sincero, justo e que procura viver retamente, sofre? Para compreender a resposta a esta pergunta, devemos olhar para a eternidade. Nosso problema é que muitas vezes vemos o efeito e as promessas de Deus em termos de nossa atual felicidade pessoal e materialista. No entanto, não conseguimos perceber que o propósito das promessas de Deus são mais sobre o retorno de Cristo e a vida eterna no reino de Deus, e não o nosso gozo indivíduo aqui e agora. O foco de Deus é eterno.

Por isso, como cristãos, devemos nos concentrar na eternidade. "...Se, pois, fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória..." (Colossenses 3:1-4). Para nós, a vida é mais sobre a eternidade do que sobre o aqui e agora. Para Asafe, o ponto de virada foi quando ele "entrou no santuário de Deus." Foi lá que seu foco começou a mudar para a eternidade. Ele chegou a reconhecer que Deus recompensará os justos na eternidade e destruirá o mal juntamente com o malfeitor. Claramente, para nos servos do Deus Altíssimo a eternidade faz toda a diferença. Em relação a isto Paulo nos diz: "...Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; não atentando nós nas coisas que se vêem, mas sim nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, enquanto as que se não vêem são eternas..." ( 2 Coríntios. 4:17-18 ). Esta é a Palavra do Senhor para nos, eu não sei com o que você está lutando hoje. Eu não sei que perdas ou prejuízos você tenha experimentado na vida. Eu não tenho nenhuma ideia do que você esta passado ou experimentado. Eu só sei e posso testemunhar de minhas próprias experiências. Mas independente de tudo isso, uma coisa eu sei, a nossa pátria está nos céus, portanto. "...Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós, que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo;..." (1 Pedro 1:3-5), e como crentes em Jesus Cristo, nossas perguntas naquele dia serão todas respondidas. Quando todos nós chegarmos ao céu. "...Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido..." (1 Coríntios 13:12). Eu não entendo totalmente agora. No entanto, na eternidade, eu vou conhecer plenamente.

"...Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado. todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação. O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos..." (Habacuque 3:17-19).




teologia online e teologia online gratis
Rede Missionária Cristã: Em busca da excelência espiritual.
Estudos bíblicos, Reflexões bíblicas, filmes gospel, teologia pastoral, bacharel em teologia, teologia on line, teologia gratis online, estudos bíblicos evangélicos... ═❘► Inscreva-se ☜═



Continuar Lendo...

quarta-feira

Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro!

17:19:00
Pois para mim viver é Cristo e morrer é lucro


Viver é Cristo e o morrer é lucro

Podemos dizer que este versículo é a declaração oficial da identidade do cristão; seja em palavras, pensamentos, ações, atitudes, emoções, expressões, motivações, desejos, etc, ou seja qualquer área da vida daqueles que como Paulo, prezam a salvação em Cristo. Para entender o significado por trás desse versículo, não é preciso ter uma educação de seminarista ou de teólogo. No entanto, para aplicar este versículo em sua vida exige muita fé e compromisso, que só pode vir através da fé verdadeira em Cristo, executada por meio do Espírito Santo.
Mas o que realmente Paulo quer dizer com estas palavras: "Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro"?Para entender melhor primeiro, vamos analisar este versículo pelo ponto de vista de Paulo.

O viver é Cristo

O Senhor Jesus Cristo, a quem o ainda Saulo teve um encontro no caminha para Damasco transformou profundamente a sua vida (leia Atos 9:1-31 ), e após isto Jesus tornou-se tudo para ele, agora que sua cegueira espiritual tinha sido curada, Paulo compreendeu o verdadeiro significado do Reino de Deus. Paulo agora estava envolvido pelo amor ao Senhor Jesus Cristo e seu único desejo era pregar o Evangelho, seu compromisso agora era informa as outras pessoas sobre a fé em Jesus Cristo, e assim ter acesso ao Reino de Deus; nada mais importava para ele, além de amar o Senhor Jesus Cristo e servi-lo (por ministrar aos outros) sobre o amor de Deus para com a humanidade. Para Paulo, a vida agora só tinha um significado, servir a Jesus Cristo.

Morrer é lucro

E sendo o Senhor Jesus Cristo, tudo na vida de Paulo e seu único desejo compartilhar o evangelho com o mundo, viver e respirar Cristo, por que então é que ele diz que o morrer seria lucro? Por que Paulo diz que a morte seria uma coisa boa para ele? Paulo nos responde em (2 Coríntios 5:6-8) dizendo: "...Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos presentes no corpo, estamos ausentes do Senhor {porque andamos por fé, e não por vista}; temos bom ânimo, mas desejamos antes estar ausentes deste corpo, para estarmos presentes com o Senhor...".
Sabemos que Paulo amava grandemente o Senhor, e queria servi-lo compartilhando o evangelho com as outras pessoas, afinal esta era sua função apostólica (entregue pelo próprio Senhor Jesus Cristo), mas ao mesmo tempo ele desejava também estar na presença de Cristo, para sempre, isto não é difícil de entender. Ele era um incrível homem de Deus e foi e ainda está sendo usado pelo Senhor de uma maneira poderosa, mas ele só queria estar com Jesus. Eu concordo totalmente com Paulo, desde de sua conversão ele não parou de trabalhar sofrendo açoites, prisões, naufrágios etc, é razoável ele pensar em esta ao lado do Senhor.
Creio que você pode entende isso? É melhor estar aqui na Terra ou lá em cima no céu com o Senhor Jesus? Se você tem que pensar sobre sua resposta, então você precisa examinar a si mesmo a sua fé e seu coração, a Bíblia diz: “...Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele...” (1 João 2:15). Como cristãos, o nosso desejo deve ser para o Senhor, e para estar com ele. Mas, isso não significa que nós agora devemos nos sentar e não fazer nada enquanto estamos aqui na Terra. Assim como Paulo, estamos destinados a construir um relacionamento íntimo com o Senhor Jesus e viver a vida exteriormente (em palavras, pensamentos, ações, atitudes, e serviço - por causa do nosso amor e gratidão a Jesus), baseando-se no exemplo de Paulo e outros crentes que nos precederam.




É claro que isso significa que assim como Paulo, não devemos criar uma família ou desfrutar de uma boa carreira profissional ou mesmo se divertir e ter passatempos ou qualquer outra coisa que Paulo pela causa cristã deixou de fazer. Com certeza não é isso que as Escrituras esta falando aqui. Mas, se essas coisas se tornar tão importante para nós, a ponto de sermos consumidos por esses desejos e os nossos esforços para persegui-los e conquistá-los torna-se um empecilho no caminho de nosso relacionamento com o Senhor Jesus Cristo, a ponto de começarmos a amá-los e servi-los e começarmos a querer ficar aqui na Terra, desejando viver mais tempo por essas razões, então isto tornou-se um grande problema que precisa ser tratado! Se as coisas terrestres começam a fazer você querer ficar por mais tempo a apreciar o que este mundo tem para oferecer, então você precisa repensar o seu relacionamento com Cristo. Porque Deus tem um propósito e um plano para você e quer usá-lo enquanto você está aqui na Terra, mas seu proposito para nos é em uma nova terra! Deus deixa isso claro quando diz: "...Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança..." (Jeremias 29:11).

Sem duvida nenhuma enquanto estamos aqui na Terra, neste corpo carnal podemos ter o desejo de constituir uma família casar, e ter filhos (Obs. aqui dizemos de uma família segundo o modelo Bíblico e não segundo o modelo do mundo, afinal não pertencemos a este mundo. “...Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, {e unir-se-á à sua mulher,} [Marcos 10:7]; Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e serão os dois uma só carne. [Efésios 5:31]; e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? [Mateus 19:5]; Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne...” [Gênesis 2:24])

É natural também orarmos e desejarmos enquanto nesta terra trabalhar e ganhar a vida honestamente, desejar ter bons amigos e relacionamentos sociais saudáveis, desfrutar de atividades e lazer. Tudo isso é correto, porque fazem parte das bênçãos de Deus para esta vida, mas enquanto aguardamos a volta do Senhor Jesus devemos ter nossos pensamentos nas coisa do alto e buscar um relacionamento com Ele (lendo e estudando a Bíblia, na oração, e sendo uma parte ativa da Igreja). Por mais que você ore em relação a todas essas bênçãos mencionadas anteriormente, você deve orar ainda mais para o Senhor te usar em levar outros a Jesus, aqui na Terra!

Assim, o viver é Cristo significa que, enquanto estamos vivos e aqui na Terra, devemos buscamos o Senhor com uma paixão e servi-lo de coração em todas áreas da nossa vida (família, trabalho, relacionamentos, passatempos, etc.) porque estas coisas são diretamente influenciadas pela relação que temos com ele. E morrer é lucro significa que, embora tenhamos a oportunidade de seguir o Senhor e desfrutar de todas estas maravilhosas bênçãos dEle aqui nesta Terra, não podemos nos apegar a elas a ponto de não querer deixar (partir / morrer) e juntar-se ao Senhor Jesus no céu! Devemos estar ansioso para esse dia chegar, para que possamos estar com Ele.

Deus os abençoe!




Continuar Lendo...

sábado

Concupiscência dos olhos – Os apegos exagerados

17:46:00


Concupiscência do olhos
 
...A candeia do corpo são os olhos. Quando, pois, os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; mas, quando forem maus, o teu corpo será tenebroso...” (Lucas 11:34). Ao enchermos nossos olhos com coisas inconvenientes a um cristão, enchemos também o nosso corpo com isto. Mas quando nossos olhos estão focados no Senhor iremos encher o nosso corpo com a Luz de Cristo.

Isto também abrange o que ouvimos, por exemplo quando ligamos o rádio, ou a televisão nos dias de hoje, podemos ver e ouvir todo tipo de lixo, ao ligar você será preenchido rapidamente com imagens e diálogos de adultério, idolatria, assassinato, drogas, álcool, ganância e tudo mais que você possa pensar, infelizmente até mesmo algumas programações dita cristã, falam mais em materialismo, com imagens de carros de luxo, iates, mansões, e opulência financeira; pregam e ensinam erroneamente mais o bem estar neste mundo do que a conquista do mundo vindouro e o Reino de Deus. Pense comigo, será que você estará andando no espírito depois de um tempo perdido de TV e rádio com estas programações mundana.

Vejamos alguns exemplos na Bíblia sobre pecados da concupiscência dos olhos.

"...Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos..." (Gênesis 3:6). Se quisesse poderíamos parar por aqui, porque já vemos que o desejo dos olhos foi uma das razões para a queda do homem. É claro que sabemos que o diabo também desempenhou seu papel neste caso, mentindo, distorcendo e corrompendo a palavra de Deus. Mesmo porque ele também conhece nossas fraquezas, nossa carne, é o desejo dos nossos olhos, ele sabe o que agradará a cada um de nós e vai usar isto contra nós sem nenhum remorso ou piedade. Ele vai usar o que agrada os nossos olhos para nos fazer pecar. Mas vejamos outros exemplos: “...Ora, aconteceu que, numa tarde, Davi se levantou do seu leito e se pôs a passear no terraço da casa real; e do terraço viu uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista...” (2 Samuel 11:2); Ora, todos nós sabemos quão grande fora o rei Davi na fé e nas coisas de Deus. Ele matou um gigante através da fé em Deus e uma pequena pedra, creio que você já ouviu essa história. Mas aqui vemos um gigante que Davi não conseguiu vencer, a concupiscência dos olhos.
Estas mesmas artimanhas demoníacas são usadas hoje na TV e nas propagandas em geral. Eles mostram uma vida maravilhosa, um paraíso artificial, momentos de lazer e diversão que enchem os olhos do espectador. Eles dizem ao abatido é isso que você quer bebe esta bebida, isto vai te dar assas, vai te relaxar, vai lhe trazer um amor, etc. Todo este material é mostrado aos seus olhos com muitos amigos, artistas e belíssimos(a) modelos. A parte triste é que eles não mostram as coisas ruins, que a bebida acarreta, as ressacas, as doenças, os motoristas embriagados que matam famílias inteiras. Passam uma mensagem falsa dizendo, isto vai preencher o vazio de sua vida. Mas o que você não percebe é que só o torna maior, e faz você desviar seus olhos do foco procurando a próxima coisa que parece ser bom a seus olhos, a pessoa embriagada se entrega ao sexo fácil, perde o medo de aventuras perigosas pondo em risco sua própria vida, e a de seu próximo e assim vai a diante “...um abismo chama outro abismo...” (Salmos 42:7). “...Como o inferno e a perdição nunca se fartam, assim os olhos do homem nunca se satisfazem...” (Provérbios 27:20)




A Bíblia afirma que o prazer do pecado é passageiro (Hebreus 11:25), e não vale a pena optar por ele. “...Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo...” (1 João 2:16), exatamente por isto a Bíblia diz: “...Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele...” (1 João 2:15). O que vemos, ou conquistamos no mundo jamais vai preencher o vazio espiritual ou nos fazer mais felizes. Eles vão continuar enchendo o corpo com a escuridão, e assim continuará até permitimos que a luz de Cristo, possa preencher essa sensação de vazio que tem dentro de cada um de nós.
Este mundo está cheio de luxúria carnal. Precisamos manter nosso olhar sobre Cristo e as coisas de cima. “...Se, pois, fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus...” (Colossenses 3:1).

Cristo venceu a concupiscência dos olhos

Satanás o diabo é audacioso, e tentou a Cristo usando desta forte artimanha dos olhos, vejamos o relato “...Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares...” (Mateus 4:8-9), ele tentou Jesus através do pecado da concupiscência dos olhos. Mas Jesus o derrotou com a espada que é a palavra de Deus. O diabo usa diversas iscas para tentar nos fisgar. Precisamos olhar para o passado e ver o risco do anzol, devemos orar e manter a escritura viva em nossa mente, “...Desvia os meus olhos de contemplarem a vaidade, e vivifica-me no teu caminho...” (Salmos 119:37); “...Não porei coisa torpe diante dos meus olhos;...” (Salmos 101:3);

"...Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno..."  (Mateus 5:29). Naturalmente esta palavra não esta dizendo para você arrancar seu olho. Mas se livrar da tentação. Se você está tendo problemas em olhar para TV, ou para alguma coisa em seu computador, ou qualquer outra coisa que pode arruinar sua vida espiritual, então deve se livrar da tentação.









Continuar Lendo...

segunda-feira

Salve Geral – PPC ( Para Pessoas Cristã )

18:11:00


 

"...Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra..."  (Atos 1:8)
 
O que é Ser Missionário?
 
Quero começar esta artigo hoje com uma pergunta a você que esta lendo neste momento, por favor não me entenda mal mas: Você é ou se considera um cristão? O que quero dizer com isso não é se você se juntou ou frequenta uma igreja assiduamente, não se você é batizado, ou se você tenta viver uma vida de bondade, mas se você se arrependeu de seus pecados, e pela fé reconheceu Jesus Cristo como Filho de Deus, aceitando sua morte na cruz como pagamento pelos seus pecados, e se é totalmente comprometido(a) com sua vida a Ele como seu Senhor e Salvador.
 
Ok! Agora que você respondeu a primeira pergunta eu me atrevo a lhe fazer uma segunda pergunta: Levando em conta o sentido etimológico da palavra você se considera um missionário cristão? Antes de responder analise bem as duas questão e pense cuidadosamente, porque se você respondeu à primeira pergunta positivamente, mas negativamente a segunda questão, então infelizmente com todo respeito, você deveria se envergonhar de sua resposta. Porque na realidade todo cristão, se não é deveria ser um missionário, porque na verdade ser cristão e missão é a mesma coisa.
 
Eu e Minha Missão
 
Bom a esta altura podemos então esta questionando o que realmente é e como agi um missionário? A tradição religiosa; “Diz ser um missionário alguém que tem por função a pregação religiosa em locais onde sua religião ainda não foi difundida, e realizar trabalho de promoção social ou em local que necessite de reavivamento de sua crença ou religião. É uma figura comum dentro de diversas crenças. Mas dentro da concepção cristã, o missionário é a figura do plantador de igrejas; (não que isto esteja errado)” Mas note que este termo é segundo a tradição da igreja e não é a definição etimológica da palavra missionário (latim missio, -onis, missão + -ário) s. m.
 
1. Aquele que foi incumbido de realizar determinada missão.
2. Pessoa que prega uma religião, com o intuito de converter à sua fé.
3. [Pouco usado] Pessoa que pretende divulgar uma doutrina ou uma causa. = PROPAGANDISTA adj.
4. Relativo a missão ou às missões. (Dicionário Priberam da Língua Portuguesa)
 
Vem do Latim MISSIONARIUS, “aquele que é mandado realizar uma tarefa”, de MISSIO, “ato de enviar”, de MITTERE, “enviar”. (A origem da palavra)
 
Logo os dicionários define um missionário como "uma pessoa enviado em uma missão, especialmente em uma missão religiosa". Bem por essa definição afirmamos que cada cristão é um missionário ou deva ser. Porque cada cristão esta aqui nesta terra em uma missão. E essa missão foi definida para nós em II Coríntios 5. (Veja o vídeo – Clique aqui)
 
"...Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação; pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamo-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus..." (2 Coríntios 5:18-21)
 
"Portanto tem sido verdadeira a palavra que cada pessoa na terra ou é um missionário ou um campo missionário."

Quando Jesus deixou esta terra Ele tinha missões em sua mente. Jesus veio como um missionário do céu e ele pode fazer-nos missionários para o céu. Em Atos 1:8 Ele diz “...Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me eis testemunhas,...”, quando isto se cumpriu, o poder do Espirito Santo desceu sobre todos, (Vs 1-4), não foi somente sobre alguns mas todos estavam comissionados a testemunharem até os confins da terra; E claro que nem todos tem o dom ou o chamado para terras longínquas, mas todos temos a mesma missão onde que que estejamos, em casa, no trabalho, na faculdade, no trem, no metro, etc.
 
Todos fomos chamados para sermos LUZ em meio as trevas, e ninguém acende uma luz e a coloca debaixo da cama mas sim no lugar mais alto da casa, então amado, você que respondeu positivamente a primeira pergunta deste artigo; Seja LUZ a quem esta a sua volta e assim estarás cumprindo sua missão cristã. Você também é um missionário, veja os dez degraus

 
 

 
Continuar Lendo...

sexta-feira

Você já Deixou Deus feliz hoje!!!

17:42:00


 

Vivendo uma vida de Ação de Graças

Você já deu um presente caro para alguém que nunca lhe agradeceu por ele? A maioria de nós também somos culpados da mesma indiferença para com Deus. Deus abençoa nossa vida de muitas formas dando-nos talentos, saúde, inteligencia, e o principal a certeza da vida eterna com Deus através de Cristo Jesus. No entanto, muitas vezes não temos nenhum entusiasmo em agradecer aos nossos presentes, e quando o fazemos muitas vezes esquecemos rapidamente quem foi o doador.

No livro do Evangelho segundo Lucas Cap 17, lemos a história de Jesus Cristo com os dez leprosos. Nesta passagem, temos a oportunidade de observar que um dos leprosos ficou totalmente realizado e agradecido com o que Jesus tinha feito por ele.

O símbolo do pecado

Para que tenhamos ideia o “leproso” no tempo de Jesus era evitado, condenado a solidão, afastado da sociedade, pois as pessoas tinham medo de tocá-los mesmo acidentalmente. Com certeza era uma vida triste de discriminação e isolamento: o preconceito, o julgamento a culpa de ter a doença, (símbolo do pecado) os condenavam a viver a morte em vida, perdiam suas identidades, deixavam de ser a sua essência como “filhos de Deus” e passavam a ser apenas a doença “imunda”, expulsos de suas casas, viviam aglomerados nas montanhas e cavernas, isolados, afastados da sociedade, vivendo no submundo, na escuridão, com o corpo fétido, aos trapos, jogados e abandonados.

Eles foram considerados tão detestáveis, que foram proibidos de se aproximar das pessoas, mesmo para uma conversa. A lepra não era apenas uma terrível doença física, mas também impedia as pessoas de interação social. Eles foram excluídos do culto no Templo e foram separados de suas famílias e comunidades a lepra deixava suas vítimas completamente sozinhos e sem remédio para sua doença.

A lepra não é diferente da condição que nos aflige, embora que a nossa imundície é muito mais grave. Enquanto os leprosos foram separados de culto no Templo e da presença de Deus por sua doença carnal, nos entretanto estávamos eternamente separados de Deus pelos nossos pecados. E o que temos em comum ainda com os dez é que tanto para eles como para nós, só encontraremos a cura exclusivamente através do poder de Jesus Cristo; O filho de Deus, O caminho a Verdade e a Vida, a Ele toda Glória e toda Honra.

O grato e os não gratos

A Bíblia relata que quando Jesus veio aquela aldeia, eles (os leprosos) mantiveram distância "...e levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!..." (Lucas 17:13). Quando Jesus os viu, Ele soube imediatamente da situação de miséria e isolamento que viviam aqueles homens. Jesus também sabia que a única maneira de eles voltarem para suas casas e famílias, de acordo com a Lei, era ser declarado limpo pelos sacerdotes, portanto os ordenou "...Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes..." (Lucas 17:14), e eles foram imediatamente, demostrando uma atitude de fé nas palavras de Cristo. "...E aconteceu que, enquanto iam, ficaram limpos. Um deles, vendo que fora curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, dando-lhe graças; e este era samaritano..." (Lucas 17:14-16)

Quando somente este leproso samaritano voltou, Jesus estava impressionado com o fato de que nenhum dos outros leprosos que eram judeus fizeram o mesmo. "...Perguntou, pois, Jesus: Não foram limpos os dez? E os nove, onde estão? Não se achou quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?..." (Lucas 17:17,18). Como vemos apenas um dos dez leprosos mostrou a gratidão que merecia Jesus. Quantas vezes nós, também, deixamos de dar a Jesus o louvor sincero e a gratidão merecida pelas bênçãos que recebemos?

Como agradecer verdadeiramente a Deus?

╚══❘► Primeiro, temos de considerar a profundidade de nossa maior bênção. A história do leproso e a sua cura milagrosa é notável. No entanto, quando aceitamos Jesus Cristo como nosso Salvador, fomos sarados de uma lepra muito pior do que aquela! Estávamos eternamente separados de Deus pelos nossos pecados, mas Jesus trouxe nos a cura e o perdão através do Seu sacrifício na cruz do calvário.

╚══❘► Segundo, nós precisamos fazer da gratidão uma prioridade em nossa vida. O leproso samaritano não esperou para voltar para Jesus quando fosse mais conveniente ou depois de visitar os sacerdotes. Ele foi imediatamente para Jesus. Não foi os sacerdotes que o curou da lepra, e ele sabia disso. Por isso ele voltou para o único digno de sua adoração e ação de graças.

╚══❘► Terceiro, a gratidão deve ser oferecido a partir do derramamento de nossos corações. Havia intensidade na adoração do leproso porque ele estava ciente de sua ineficácia para promover a cura de si mesmo. Quanto mais maravilhosa é a cura eterna para aqueles que seguem a Cristo? Deixe que a sua ação de graças seja uma celebração entusiasmada a Cristo, que curou a nossa necessidade mais terrível o pecado.

Finalmente, temos de ser coerentes em nossa gratidão e em nosso comportamento. É por isso que repetidamente a Bíblia nos ordena para sermos grato em todas as coisas. Ninguém pode abençoar-nos como nosso Pai Celestial. Vamos ser diligentes em agradecer a Deus por sua graça e bondade.

"...Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco..." (1Tessalonicenses 5:18)

 
 


 
Continuar Lendo...

quarta-feira

Não busque qualquer um - Procure O Especialista.

16:34:00

 

Deus é um Especialista em Ser Humano!

( Jeremias 32:27 ).


Normalmente quando ligamos a televisão. Em quase todos os canais, encontramos alguém sendo entrevistado como sendo uma referência ou um especialista em algum assunto em particular. A mesma coisa acontece também nos outros meios de comunicação, sempre tem alguém com uma resposta adequada para seus problemas (um especialista).

No entanto muitas vezes quando estamos em dificuldades, procurarmos obter respostas em nosso semelhante, ou pastor da igreja, etc; Quando sabemos que na realidade Deus é o especialista em resolver problemas do ser humano. Imagine como Deus se sente quando nos vê ir consultar em outro lugar. Como você se sentiria se o seu filho(a) fosse a um vizinho que mal você conhece para pedir conselhos em vez de pedir a você? Creio que você não iria gostar, não pelo vizinho em si, mas por seu filho(a) recorrer a fontes estranhas a família. Nós também não deveríamos estar se comportando como adolescentes, e compartilhar nossos problemas com os (amigos ou vizinhos). Devemos procurar aconselhamento especializado de nosso Pai.

Deus está no negócio?

"Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea". Gênesis 2:18. Dês do Principio quando Deus viu que Adão estava sozinho, ele soube que isto não era bom. Ele corrigiu o problema da solidão de Adão, fornecendo a ele uma companheira ou, na terminologia de hoje, uma mulher. Então, se você hoje está sozinho(a), você não tem que correr para sites de relacionamentos, pagar um especialista ou algo do gênero. Não estou aqui dizendo que isto seja errado, só quero dizer que devemos antes de tudo pedir a Deus para fazer a nos o mesmo que Ele fez por Adão. Peça a Deus para revelar a sua companheira ou companheiro, e lhe orientar na abordagem. Lembre a Deus de que Ele disse: Que não é bom que o homem esteja só. Mas antes de tudo lembre-se também das palavras de Cristo, que disse: "Mas, buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" Mateus 6:33. Repito, antes de ir atras de um especialista terreno ou um artigo para resolver o seu problema, busque a Deus.

 
Jeremias 32:27 diz: "Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso há alguma coisa demasiado difícil para mim?" Pense profundamente sobre o que Deus está dizendo nesta passagem Bíblica. Ele é o Deus de toda a criação. Você acha que existe alguma coisa em sua vida muito difícil para ele corrigir? Creio que sua resposta deve ser não. Pois bem, a próxima vez que você se deparar com um questão difícil na vida, imagine Deus lhe dizendo: "Há algo de difícil para mim?" Se a sua resposta é não, então não duvide de Deus. Porque se você fizer isso, saiba que sua falta de fé será a razão pela qual Ele não resolverá o seu problema. Mesmo se você tiver alguma dúvida, continue a dizer-se que não há nada de difícil para Deus. Diga e repita até que isto seja implantado em sua mente, porque na realidade sabemos que para Deus nada é impossível.

Deus pode resolver seus problemas
 
"...Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,..." Efésios 3:20, O que isto significa? Isto significa que Ele é capaz de corrigir as coisas além do que podemos imaginar, e Ele é capaz de trabalhar através de nós para alcançarmos o milagre. Portanto, quando você pensa sobre os problemas em que te assolam, e você sente-se com as mãos atadas, lembre-se que Deus pode corrigi-los, você pode não compreender, mas quando Ele for corrige o seu problema, Ele vai usá-lo como instrumento para correção.
 
Se você quer que Deus conserte sua vida, peça a Deus direção sobre o que você precisa fazer, qual a sua parte neste processo. Na verdade, algumas pessoas têm dificuldades, pois tendo a instrução de Deus para resolver seus problemas não estão dispostas a fazer a parte que lhes cabe neste negocio. Porque se queremos ver Deus fazer qualquer coisa em nossa vida, devemos buscar dele a direção e sermos obedientes as instruções divinas. Se observarmos a Bíblia, em sua historia, veremos que Deus deu instruções e atribuições através de Moisés, a serem seguidas pelo povo, afim de corrigir os problemas existentes ali. O propósito de Deus é fazer com que entendamos que há também um pouco de esforço de nossa parte Ele quer que lembremo-nos do processo e apreciemos o aprendizado. Assim como seus pais durante a sua infância, Deus quer sempre o melhor para seus filhos.

Lembre-se de seu currículo e o que ele já fez
 
"...Sim, grandes coisas fez o Senhor por nós, e por isso estamos alegres...." Salmos 126:3. Quando nos confrontados com montanhas de problemas que parecem intransponível, acho que é a hora de voltarmos nossos olhos para o que Deus já fez por nos. Se ele trouxe de volta Lázaro dos mortos ( João 11 ), saiba que Ele pode trazer o seu filho(a) problemático de volta para o estado de espírito correto. Se Ele pode fazer um cego enxergar ( João 9 ), Ele certamente pode abrir os olhos de seus familiares perdidos, etc. Se você não consegue lembrar o que Ele tem feito em sua vida, pegue a sua Bíblia, e veja a biografia do que Ele fez e ainda é capaz de fazer.

"...Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo eis..." Marcos 11:24

"...O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua mão direita. De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida. O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre..." Salmos 121:5-8

Então, da próxima vez que você se depara com o impossível e precisar de um especialista, antes de recorrer ao Google, ou gastar algum dinheiro em busca de um profissional, participar de um seminário, ou obter uma série de DVD, por favor, lembre-se de seu Pai no céu. Ele é o especialista em ser humano. Deus quer fazer o impossível em sua vida.

Oro para que essas palavras venha encorajá-lo; Deus o Abençoe Grandemente, shalom שָׁלוֹם.

 
 


 

Tem algo a dizer sobre este artigo? Deixe seu comentário via Facebook abaixo!
Continuar Lendo...

Ad final do artigo