"Não adulterarás" - Os dez mandamentos ★ Rede Missionária Cristã.
♥ ATENÇÃO! ♥Participe do projeto 📖 leitura da bíblia em 4 meses 👉Clique Aqui!

God's News

Ad Topo das postagens

Curso de Teologia

sexta-feira

"Não adulterarás" - Os dez mandamentos

<< Série - Os Dez (10) Mandamentos >>

7º Mandamento

"...Não adulterarás..." - Êxodo 20:14

╚══❘► Pedidos de Oração e Palavras de conforto <Clique Oração>

O sétimo Mandamento - Não adulterarás

Normalmente quando pensamos em adultério, automaticamente pensamos em um homem sendo infiel a sua esposa, ou vice versa. No entanto, este mandamento é muito mais amplo e profundo do que apenas isso. Ele engloba não somente o campo da experiência sexual humana, e seu relacionamento conjugal, que sem duvida é um assunto muito preocupante, mesmo porque vivemos em uma época em que a sexualidade, e suas expressões, são cada vez mais explicitas em nossa sociedade. No entanto este assunto pode ser mais abrangente quando tratado do ponto de vista do adultério espiritual contra Deus.

O poder destrutivo do adultério na vida humana

Nos seres humanos, assim como muitas outras especies na natureza, nos reproduzimos através de relações sexuais. Estudos científicos dizem que o nosso desejo sexual é praticamente igual a nossa vontade de viver. Isso não é uma coisa ruim, nem mesmo pecado como muitos pensam, se somos desta forma é porque Deus nos fez assim. Ele nos projetou com desejo sexual; quando Deus fez o ser humano, Seu objetivo para a humanidade era para que eles se multiplicassem, e todos nós sabemos como a reprodução humana é realizada. Portanto, o ato sexual em si mesmo não é pecado algum. "...E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra..." (Gênesis 1:27-28); "...Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam..." (Gênesis 2:24-25). No entanto, após o pecado da desobediência quanto ao fruto da "árvore do conhecimento do bem e do mal" (Gênesis 2:17), seguiu-se a queda e a expulsão do Jardim do Éden, e uma das consequências desta queda foi a corrupção sexual do ser humano. O plano original de Deus era e ainda é que as relação sexuais ocorram somente entre o marido e sua esposa. E qualquer outra forma de expressão sexual, fora dessa relação conjugal, é considerada por Deus como pecado! E isto também trata o 7º Mandamento, que diz: "Não adulterarás" (Êxodo 20:14).

O adultério maltrata o cônjuge e sua família!

Deus não mudou e não muda, Ele ainda é contra o adultério. Ele ainda odeia este pecado e punira os culpados. (Apocalipse 21:8). O adultério não é um pecado somente contra o seu cônjuge, mas pode atingir também outras áreas da vida. Quando um homem e uma mulher se casam, eles tornam-se então uma só carne (Gênesis 2:24). Logo quando um dos parceiros se junta com uma pessoa fora do casamento, ele quebra o vínculo entre os dois (1 Coríntios 6:16). O adultério menospreza o cônjuge inocente dizendo: "Você não era bom o suficiente para mim." destruindo assim a auto estima de seu companheiro(a). O adultério destrói a confiança! Talvez seja por isso que Jesus Cristo nos ensina que somente em casos de imoralidade sexual (adultério) é que pode ocorrer o divorcio. "...Então chegaram ao pé dele os fariseus, tentando-o, e dizendo-lhe: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo? Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez, E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. Disseram-lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la? Disse-lhes ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim. Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação (adultério), e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério..." (Mateus 19:3-9). Fornicação = (Ato ou efeito de fornicar. Ter relações sexuais por puro prazer, para satisfazer os desejos da carne. Coito carnal).

O Adultério no coração e a mente

O Adultério é resultado de uma condição espiritual deficiente. Então, uma vez que esta linha é cruzada, o inimigo continuará sempre a atacar essa área estimulando a pessoa a cair novamente no mesmo pecado, por este motivo devemos também esta atento a não tornarmos culpados de adultério, apesar de nunca ter tido relações sexuais com outra pessoa. Jesus Cristo deixou-nos bem claro que o adultério não é somente uma coisa da carne, mas pode ser também uma questão do coração e da mente; Ele diz: "...Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio. Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério..." (Mateus 5:27-32). Observe que Jesus Cristo diz: "se a tua mão ou teu olho te escandalizar, atira-a para longe de ti" É claro que o desejo de Deus não é que ninguém corte sua mão ou qualquer outro membro do corpo, mas sim que corte de sua vida os incetivos ao pecado, que neste caso seria a pornografia, filmes eróticos, revistas, fantasias sexuais, etc; ou seja tudo aquilo que estimule o adultério físico ou do coração.

Reconheço que neste mundo moderno, devido a moda das vestes, as propagandas nas ruas, e vários outros fatores; muitas vezes é difícil evitar a estimulação sexual. Portanto, devemos estar sempre vigiando e orando em todos os momentos e procurando sempre fugir da tentação, "...Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós..." (Tiago 4:7). De todas as razões para não se cometer qualquer tipo de adultério, o temor a Deus sem duvida é a principal. Veja por exemplo a atitude de José em relação a mulher de Potifar que lhe tentava seduzir dia após dia, e ele lhe respondeu: "...Como, pois, posso eu cometer este grande mal, e pecar contra Deus?..." (Gênesis 39:9). José correu, resistiu a tentação, e nós como cristãos sinceros, queremos também agradar a Deus, assim como fez José. E nada desagrada mais a Deus do que ver seus filhos cometerem adultério, e esta deve ser a nossa maior razão para evitarmos este pecado. O adultério sempre foi considerado um pecado a ser punido com a morte "...certamente morrerá o adúltero e a adúltera..." (Levítico 20:10). Deus é Santo e não muda; o adultero ainda sera punido (1 Coríntios 6:9-10).

O adultério contra Deus - Adultério espiritual

Quando Jesus Cristo estava na Terra, Ele olhou para o povo e sua cultura e os classificou como "...uma geração adúltera e pecadora..." (Marcos 8:38). Mas será que em uma nação com leis tão rígidas como apedrejamento, haveria assim tantos adúlteros? Como poderia então Jesus Cristo considerá-los como uma geração de adúlteros? Simples! Jesus Cristo estava falando de adultério espiritual. Logo, a Pergunta que fica é a seguinte: O que é adultério espiritual? Adultério espiritual trata de uma relação infiel para com Deus, como igreja somos considerado a noiva de Cristo, e quando temos um cuidado excessivo para com as coisas do mundo, ou quando ao invés de reunirmos para louvar, adorar e cultuar a Deus, nos reunimos em nome de Jesus somente com o proposito de buscar 'bençãos' materiais como fazem muitos adeptos da chamada teologia da prosperidade, estamos em analogia ao casamento cometendo adultério espiritual e infidelidade para com o noivo Jesus Cristo: "...como a mulher que trai o marido, assim vocês têm sido infiéis comigo, diz o Senhor..." (Jeremias 3:20 NVI, ver também Isaías 01:21 , 57:8 , Ezequiel 16:30). A Bíblia nos diz que as pessoas que optam por ser amigo do mundo tornam-se "Infiéis" e "inimigas de Deus" (Tiago 4:4-5). O mundo é o sistema materialista sob o controle de Satanás, com seus enganos religiosos e falsos valores, com doutrinas facilitadas e ensinamentos de homens aplainando o caminho e largueando a porta atraindo muitos para longe de um relacionamento puro com Deus. 

No Antigo Testamento, os filhos de Israel tentaram misturar a adoração de outros deuses, como Baal com a de Deus (Juízes 3:07, 1 Reis 16:31-33, Jeremias 19:05). Ao fazer isso, Israel tornou-se como uma esposa adúltera que queria um marido e um amante (Jeremias 09:02, Ezequiel 06:09, 16:32). No Novo Testamento, Tiago define adultério espiritual como afirmam amar a Deus e ao mesmo tempo cultivar a amizade com o mundo (Tiago 4:4-5). A pessoa que comete adultério espiritual é aquele que professa ser um cristão, mas ao mesmo tempo ainda procura e encontra o seu verdadeiro amor e prazer nas coisas deste mundo. Para os verdadeiros adoradores, o amor do mundo e o amor de Deus estão de lados opostos. Os que se dizem cristão e cometem adultério espiritual dizem que ama o Senhor, mas, na realidade, eles são atraídos pelos prazeres deste mundo, pela influência, conforto, segurança financeira, e as chamadas prosperidades materiais.

O conceito de adultério espiritual contra Deus é um dos principais tema em todo o Antigo Testamento (Isaías 54:5; Jeremias 3:20; Ezequiel 16:15-19). Este tema é particularmente bem ilustrado no livro de Oséias. A esposa do profeta, simboliza a infidelidade dos filhos de Israel (Oséias 2:2-5; 3:1-5; 9:01). E o compromisso de Oséias com Gômer simboliza a fidelidade, o amor e paciencia de Deus para com o Seu povo errante. Jesus disse: "...Ninguém pode servir a dois senhores. Ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro..." (Mateus 6:24). A Bíblia nos exorta: "...Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo..." (1 João 2:15-16). Adultério espiritual é como tentar ficar em cima do muro, com um pé no mundo e outro céu. Nós não podemos ter as duas coisas. Jesus advertiu a igreja de Laodicéia dizendo: "...Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca..." (Apocalipse 3:15-16). O amor do mundo é principalmente uma atitude de seu coração, devemos jogar fora o mundanismo, cultivando um novo afeto para com Deus.

Como evitar o adultério espiritual? Simples: "...buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus..." (Colossenses 3:1-3). Ma se já é culpado de cometer qualquer forma de adultério, quer seja físico, de coração ou espiritual saiba que ainda há esperança e perdão no sangue de Jesus. Ele promete que "...Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça..." (1 João 1:9). Talvez não tenha chegado a esse ponto, mas sente-se culpado de flertar com o mundo e fazer coisas que sabe que são perigosas para sua vida espiritual. Jesus perdoará também! Talvez o seu pecado é um segredo, como a pornografia, Jesus perdoará isso também. Seja qual for a necessidade, lembre-se, Jesus te ama! Ele quer e deseja lhe perdoar, peça a Ele e vá e não peques mais "...Não adulterarás..." (Êxodo 20:14).

estudos+bíblicos+evangélicos

7º Mandamento
teologia online e teologia online gratis
Rede Missionária Cristã: Em busca da excelência espiritual.
Estudos bíblicos, Reflexões bíblicas, filmes gospel, teologia pastoral, bacharel em teologia, teologia on line, teologia gratis online, estudos bíblicos evangélicos... ═❘► Inscreva-se ☜═

Ad final do artigo